24 de abril de 2014

4 tendências para os homens no Inverno 15

Agora chegou a vez dos meninos! Também separei 12 tendências de moda masculina para o Inverno 2015. Tem cada peça incrível! Então, vamos lá!

1) Shining Star


Os tecidos com efeitos especial estão com tudo mesmo! Já tinham arrasado na moda feminina e agora aparecem ainda com mais destaque na moda masculina. Tanto que até abrem a matéria em 2 grupos de tendência distintos.

O primeiro agrupa os tecidos brilhantes. Aqui pode ser aspecto de couro brilhante, foil, ou até dourado mesmo. Apareceram vários tipos de brilho nas passarelas e eles têm tudo para ganhar as ruas. Olha que incrível este look da Diesel Black Gold:



E este brilho meio molhado, emborrachado que aparece na calça e na metade da jaqueta da TopMan:



E o amarelo emborrachado hiper brilhante da Kenzo (terceiro da esquerda)


E esta jaqueta do tipo "quero agora" da Balmain (primeiro da esquerda):


Acho o look meio hip hop dourado meio exagerado, mas é a cara da Vivienne Westwood mesmo e chama muito a atenção pelo tom de dourado, super ousado para o público masculino.


Mas o que achei impressionantemente comercial, foi o verde escuro brilhante da jaqueta da Nautica abaixo (meio):


2) Leather lovers


Bom, além de muito brilho, o inverno 2015 vai continuar com a tendência de couro. Sim, continua forte, e ainda mais para os homens. Couro é cara de inverno e, com as novas tecnologias têxteis, tem ganhado cada vez mais versatilidade.

Que tal começar com calça e jaquetão de couro, com aspecto envelhecido e bem estruturado?! Amei o look da Belstaff:


Linda a jaqueta marrom da Hood by Air:


E esta jaqueta azul do John Richmond então?! Quer agora MESMO!


Lindas peças com aspecto envelhecido como o look total vermelho da Belstaff (terceiro da esquerda):


Não tem como não reparar no vermelho super vivo da jaqueta do John Richmond (segundo da esquerda) e no look meio cowboy (e também vermelho ?!!) da Versace (terceiro da esquerda):


3) Like a painting


Outra tendência que apareceu intensamente na moda feminina e também tem grande destaque na masculina é das estampas em desenhos grandes, como se as peças (geralmente os tops) fossem pinturas.

A estamparia digital localizada é que deve estar fazendo a festa. Os desenhos são o grande destaque destas peças. E é mesmo, afinal, dá para falar de outra coisa quando olhamos este look da Lanvin?! O suéter é o grande destaque:


E este casaco da Kenzo então?! Este sim, parece uma tela... lindo!!


E olha que legal esta camisa do Antonio Marras:



Super originais as estampas da blusa da MGSM (primeira da esquerda) e da camisa do Nazir Maszar (ultimo, na direita):


Fiquei apaixonado pela camisa da Lanvin, com um rosto no meio da peça (terceira da esquerda):



4) (Mais) xadrez


Sim.. ele continua forte TAMBÉM para os homens. E aparece em cores mais fortes e com desenhos diferentes.

Fiquei louco com este tom de vermelho do look da Ovadia and Sons:


E o matching couple de xadrez amarelo com desenho clássico da Etro, então, que fofo!


E mega moderno o xadrez pink combinado com saia e calça do Alexandre McQueen (segundo da esquerda):


E o desenho super aberto do jaquetão do Tim Coppens (primeiro da esquerda). Dá uma cara nova para a estampa e pode renovar a sua presença por (ainda) mais tempo na moda...


E, por fim, o que é este xadrez azul da Sacal (último da esquerda). Mais um "Quero já!!"


Bom, esta foi a primeira parte das tendências. Espero que tenha gostado! Fique de olho que daqui a alguns dias saem as outras 8 tendências da moda masculina para Inverno 2015.

Stay tuned!  :)

22 de abril de 2014

Espinosa, Laura Cardoso, Venus e Voltar Sozinho.. dicas de teatro, cinema e literatura aqui no moda 2.0

Faz algum tempo que não falo de filmes, peças e livros aqui no blog, então resolvi fazer um post falando um pouquinho de cada, dando dicas do que ainda está em cartaz em São Paulo.

Primeiro vou falar de teatro. Assisti a duas peças incríveis há algumas semanas: A Última Sessão no teatro Frei Caneca e Vênus em Visom no teatro Vivo.

A peça A Última Sessão tem um elenco super top: Laura Cardoso, Nívea Maria, Etty Fraser para citar só algumas estrelas. Confesso que fui achando que seria uma peça bem leve, daquelas que se vai mais para ver os atores do que efetivamente apreender algo do que é apresentado mas, felizmente, estava errado. Logicamente, a maturidade é um dos temas principais da peça mas o que é surpreendente é o tom otimista e interessante no qual o enredo é apresentado. E os atores são incríveis. Sim, eles são realmente o centro do espetáculo. Do começo ao fim.

Diversão garantida! A peça está prevista para ficar em cartaz até 25 de maio e, às quintas à tarde, tem um chazinho para todos ao final da peça. Fofíssimo. Mas corre pois a peça lota, de verdade. Veja que legal o vídeo feito pela TV Uniesp:




Outra peça que amei foi Vênus em Visom. N ão sabia nada sobre ela, nem que era uma adaptação de uma peça premiada da Broadway. Se soubesse disto, teria visto antes, pois é difícil errar com peças da Broadway.. mas não sabia e acabei indo meio por acaso.

Ainda bem que consegui ver. A peça está demais! A Bárbara Paz está ótima no papel e o roteiro é super criativo e intrigante. Há um cuidado especial com toda a cenografia, o que faz com que tudo realmente fique muito especial. No vídeo abaixo, alguns trechos da peça, para dar um gostinho :)

Venus em Visom fica em cartaz até o dia 08 de junho no teatro Vivo e é uma adaptação da premiada Venus in Fur da Broadway.




Agora, um pouquinho de cinema. Assisti ontem a Capitão América 2, por insistência do Gustavo.. Sério, não queria ver o filme.. mas olha, acabei gostando. Tem ação do começo ao fim, Chris Evans e toda uma produção incrível. Estas coisas acabam fazendo valer a pena..  Claro que o roteiro não é dos mais inspiradores.. na verdade, acho que já esqueci quase toda a história...rsrs...  mas é entretenimento bom. E bom para ser visto no cinema mesmo,

Agora um filme que eu simplesmente AMEI foi o super mega hiper fofo Hoje Quero Voltar Sozinho. Tá certo que não tem muita surpresa para quem assistiu o curta que fez tanto sucesso na internet que acabou virando este longa. A história é basicamente a mesma: a descoberta amorosa de um adolescente cego que percebe que é gay.

Mas é muito fofo assistir a versão longa. O curta tinha deixado a gente com um gostinho de "quero mais" mesmo, sabe.. Queria conhecer melhor as personagens da história, saber mais da história, ver como seria o final nesta nova versão. E não me decepcionei. Nem um pouco. O final é incrível! E o filme é daquele que você quer assistir de novo, de novo e de novo..

Para quem não faz parte das mais de 3 milhões de pessoas que assistiram o curta na internet, aqui está! Mas, cuidado! Se quiser ver a versão longa sem saber nada do filme, veja o segundo vídeo, com o trailer do filme.

Então, para ver (ou rever) o curta, clique aqui:



E para ver o trailer do longa, clique aqui:



Vale a pena. Super recomendo!!!

E, por fim, vou falar de livros. Na verdade de um livro específico que devorei em menos de 10 dias. O Enigma de Espinosa, de Irvin Yalom. Eu adoro este autor. Li os livros Quando Nietzsche Chorou e A Cura de Schopenhauer e achei ambos incríveis. Agora tenho um terceiro para colocar na lista...

Como sempre, ele usa um pouco de ficção para misturar filosofia, hist ória e psicologia numa trama intrigante. Na verdade, desta vez, ele conta duas histórias paralelas, em épocas distintas mas que têm uma ligação entre elas. Algo semelhante ao filme As Horas.

São duas épocas e locais: Holanda, século XVII. Alemanha, pré II Guerra. Ele conta a história do filósofo Bento Espinosa (ou Baruch Espinosa, seu nome judeu), um filósofo judeu que, por defender a razão sobre a religião (judaica, católica, islâmica e toda espécie de superstição sem embasamento na razão) acabou expulso da comunidade e vivendo uma vida solitária, dedicada a criar obras que valorizaram a razão e influenciaram muitos pensados dos séculos seguintes. Dentre eles, grandes nomes alemães como Goethe e Nietzsche.



Na Alemanha pré guerra, Alfred Rosenberg, um dos principais idealizadores do Nazismo fica intrigadíssimo quando descobre que o seu maior pensador germânico, Goethe, atribui a Espinosa, um filósofo judeu, a sua maior fonte de inspiração, o que contradiz a sua (louca) teoria de superioridade da raça ariana. Isto faz com que ele busque constantemente compreender o que havia de tão especial na obra e na vida deste filósofo. Mas, ao contar a sua história, Yalom apresenta toda a história da formação do Nazismo, o que torna o livro muito interessante. É impressionante ver como o mundo já foi louco e como pessoas com ideais tão absurdos tinham a liberdade de fazer o que quisessem e acabavam influenciando uma massa sem visão. Sério, dá um pouco de medo ver como as coisas foram aumentando e ganhando proporções impressionantes e acabaram resultando numa história tão triste.

Muito rico e interessante todo o texto do livro. E no final ele ainda explica o que é verdade e o que é ficção, algo super importante para não ficarmos perdidos na história. Quem puder, leia!

20 de abril de 2014

Abecedário da dança com jeans

Parece que a história de misturar dança com jeans está mais forte que nunca! Campanhas de marcas grandes têm, cada vez mais, apostado neste caminho. Há poucos dias, postei sobre a campanha da Lee com dançarinos para destacar a liberdade de movimento nos seus produtos e, agora, vi que a Diesel também fez um vídeo incrível em parceria com a revista super hype I-D.

Bom, como tudo que a Diesel faz, a qualidade é simplesmente impecável! O vídeo foi dirigido por Jacob Sutton, fotógrafo/diretor que já trabalhou com mega marcas como Uniqlo, Nike, Y-3 e Philip Lim. Em todos estes trabalhos ele capturava imagens urbanas com movimentos de dança e, por isto, foi a escolha perfeita para o conceito do vídeo.

Com o objetivo de destacar a linha Jogg Jeans , composta por produtos feitos com um tecido que é uma mistura de jeans e malha e que oferece conforto e liberdade de movimento nunca antes visto nos jeans. O legal da linha é que o visual das peças é realmente incrível! Basta olhar para a foto abaixo, com as peças da coleção masculina... Não dá para acreditar que, na verdade, estas peças têm o conforto de um moletom. Demais, né?!

Imagem extraída do site www.diesel.com

Então, para mostrar toda a liberdade que estas peças permitem, a Diesel, a I-D e Jacob Sutton criaram um vídeo que é um abecedário da dança, com palavras para cada letra do alfabeto. Logicamente cada palavra é representada por um número ou sequência de dança, ilustrando o significado. E TODOS os looks com jeans da linha JOGG JEANS. Veja que legal:





Adorei as palavras escolhidas e os números. Achei o máximo que usaram o TWERK, termo usado para identificar as danças vulgares que ficaram super populares com a aparição da Miley Cyrus na premiação da MTV. E o Vogue Hands, mostrando que este estilo de dança dos clubes gays nos anos noventa e que foi destacado por Madonna há mais de 20 anos entrou realmente na história do mundo pop.

Impressionante a variedade e a qualidade dos dançarinos participando do vídeo. O que é esta dançarina do Rumba?! Aflição de alguém poder girar tão rápido...rsrs.. Tem até o grupo Soul Step que fez sucesso no desfile da coleção Prmiavera/Verão 2015 de Rick Owens quando o estilista fez o desfile de sua coleção com um número de dança super contemporâneo e interessante. Na época, o desfile chamou toda a atenção da mídia pela ousadia e novidade, algo sempre valorizado no mundo da moda.  E é também um super exemplo de mistura dos mundos da moda e da dança. Foi realmente demais. E, como sempre vale a pena rever o que é bom, coloco o vídeo aqui no blog:



A Diesel até lançou uma campanha para as pessoas postarem fotos nas redes sociais com o #joggjeans, mostrando situações onde usam jeans em momentos mais agitados do dia a dia. Veja abaixo algumas fotos:



Estou louquinho para comprar a minha peça de jogg jeans e ver se é tudo isto mesmo. Se for, posto a foto com a hashtag  ;)

16 de abril de 2014

Parte 3 (e última) das tendências de moda feminina Inverno 2015


Agora o post com as últimas 4 das 12 tendências que percebi nos desfiles de inverno 15.

Para ver os posts anteriores, basta clicar aqui E TAMBÉM aqui.

9) Xadrez Again ...


Sim, o xadrez continua no inverno 15. Mas, desta vez, ele aparece forte para o público feminino. Desenhos tradicionais mas com cores fortes como o que apareceu na coleção da Vivienne Westwood, num tom de laranja incrível:



Ou na combinação de padronagens diferentes de xadrez, como no look da A Detacher dão uma cara renovada a esta estampa que já virou clássica nas passarelas:


E é engraçado ver como ele se renovada há tantas estações. Olha que fofura este top da Daks, com uma visual super fresh do xadrez:



A criatividade dos designers parece sem fim. Nas peças abaixo, temos algumas misturas novas, como grafismos que acabam remetendo ao xadrez. O da Lacoste (segundo da esquerda para a direita) é um bom exemplo desta nova versão:


E que visual super moderno da Tommy Hilfiger é este?! (primeiro look da esquerda). Mais parece a Desigual, com a combinação de recortes na mesma peça. E o conjuntinho do Marc Jacobs então ? (terceiro da esquerda).  Amei!



10) Tô Bege!


Sim, fiquei bege mesmo em ver como esta cor, tão presente no verão, apareceu forte no Inverno 2015. Ao lado dos tradicionais preto, cinza e das cores da estação laranja, vermelho e vinho, o neutro dos vários tons de bege parece perfeito na composição de looks mais sofisticados e, de quebra, dá uma cara mais viva para a estação.

Olha como o bege ficou perfeito para este vestido meio macacão da BOSS:



E também ficou incrível na modelagem super moderna do vestido bege da Daks (esquerda) e no sobretudo da Top Shop Unique:



Foram apresentados vários tons de bege mas todos com uma cara mais feminina, neutra, combinadas com pitadas de laranja ou vermelho:


Tá certo que a modelo ficou com cara meio de passada nolook do Steven Alan (segundo da esquerda) mas não tem como negar que a cor ficou perfeita para o macacão oversized.





11) Militar, sim senhor!


O bege também ganhou força no inverno por conta de uma outra tendência forte para a estação: o estilo militar. Bolsos utilitários, peças com shape mais largos, detalhes que lembram peças usadas pelos oficiais nas guerras apareceram em diversas coleções e devem ser vistos com atenção.

Sim, eu já falei dos acabamentos especiais nos outros posts, mas olha que incrível este casaco da Balmain neste verde militar meio emborrachado encerado:


E o detalhe do bolsão na saia em tom cinza mesclado com verde da Ports 1961:


E apareceram várias referências nas coleções apresentadas, reforçando a influência dos militares nos designers. E até em peças bem femininas como o vestido da Diesel Black Gold (último da direita):


E também peças bem literais, como o sobretudo da Daks (último da direita) que, aliás, apresentou uma coleção incrível !


Adorei o visual meio saí da guerra com o look todo com uma cara destroyer da En Noir (primeiro da esquerda) e o shape super largo do casaco da Hunter (último da direita).


Uma novidade legal da Custo Barcelona para a estação foi a mistura de dois tecidos principais, como a apresentada no sobretudo com bolso utilitário (segundo da esquerda):


12) E, como não poderia faltar, jeans!


Não tem como falar de tendências de moda sem falar do jeans. Pelo menos para mim. É uma paixão pessoal e acabo sempre vasculhando para ver como ele aparece na estação. Neste inverno ele não aparece com tanta frequência e variação como nas estações anteriores mas vem em formas interessantes, como as lavagens super detonadas e um look meio cowboy (que, aliás, aparece com alguma relevância nas passarelas mas não o suficiente para entrar no top 12) do Philip Plein, com peças com aspecto gasto e sujo de areia:


Destaque também para a lavagem delavé, muito cara do início dos anos 90, como no look do estilista Marques Almeida:


E também com pontos claros, de alto contraste num denim com fundo super escuro, fazendo referência a uma lavagem que ficou bem marcante no começo dos anos 2000, como a da calça da Superdry:


Legal o look meio periguete destroyer do Philip Plein (primeiro da esquerda)  e o trabalho de patchwork nas calças da Tommy Hilfiger (últimos dois looks da direita). A Tommy trouxe uma cara bem renovada e moderna neste inverno. Surpresa total!


O tom meio delavê 90's aparece também no desfile da Ashish (último look da direita) e Ashley Williams (primeiro look da esquerda), comprovando a referência para o jeanswear na estação:


Bom, that's all folks! Foi muito legal ter feito este trabalho num timing bom, espero que possa contribuir para a pesquisa de todos :)

Daqui a pouco, começo a sessão de posts dos looks da moda masculina. See ya!

Todas as fotos da matéria foram extraídas do Style.com


9 de abril de 2014

Papelaria fashion!

Aproveitando o clima de informações de tendências de inverno 15 aqui no blog, vamos mostrar uma novidade pra lá de especial!

Olha que ideia legal: que tal se você pudesse ter cadernos e agendas inspiradas nas tendências de moda que acabaram de ser desfiladas nas passarelas internacionais? Não seria o máximo?!

Pensando nisto, o Atelier Estação Liberdade lançou uma série de cadernos inspirados nas estampas que os grandes designers estão apostando. Todos os produtos feitos por eles é 100% artesanal e, para conseguir um efeito parecido com o da estampa, eles misturam papéis coloridos e usam técnicas diversas para deixar o produto com a mesma proposta das peças de roupa. O resultado é simplesmente demais, vejam só:

Tem como não amar este caderno inspirado no look da Prada? Para chegar a esta capa, eles fizeram uma montagem manual, misturando papéis de três cores diferentes na capa.


E o trabalhinho manual sem fim para recriar esta estampa geométrica da Chanel?



Esta agendinha com a capa igual à do vestido do Valentino também é de enlouquecer:



Além dos desfiles, eles fizeram algumas peças inspiradas em acessórios da temporada, como o bloquinho inspirado no sapato da Manolo:


E outro na bolsa da Marni:


E até nas almofadas da Moschino.


Agora, diz, tem como não amar? As peças são super exclusivas, feitas uma a uma. E estão à venda no site deles. Esta linha especial tem preços variando entre R$ 45 e R$ 65, super acessível. O mais legal é que estas estampas estão inspiradas no que apareceu nas passarelas internacionais de Inverno 2015, então dá para ficar "na moda" por muito tempo. :)