27 de julho de 2011

Retornando... Diesel Island

Finalmente retorno para o meu blog depois de mais de um mês sem postar nada..Foi a correria do lançamento da Vicunha o que me forçou a fazer esta paradinha.. mas compensou.. o lançamento foi incrível.. deu tudo certo e foi tudo lindo! As fotos da matéria no Vipreview estão aqui para provar tudo isto:

Matéria sobre o lançamento no VIPREVIEW

Fiquei pensando em qual post escolher e resolvi falar da campanha da Diesel Island. Estava um pouco receoso de escrever sobre ela já que ela não é novidade nenhuma pois já está no ar há uns 4 meses.. mas aí pensei melhor e lembrei que o intuito deste blog não é apresentar novidades mas sim colocar matérias comentadas sobre campanhas de marketing de moda e no mundo 2.0.. e como a nova campanha da Diesel é na verdade uma continuação da Be Stupid, resolvi postar sobre ela aqui no blog.

Uma das imagens da campanha da Diesel
A ideia principal da campanha é apresentar a ilha da Diesel, formada por gente linda e que se revoltou contra o sistema e decidiu por criar um país novo, onde são livres para fazer tudo o que quiserem.. aqui a empresa deixa claro que o objetivo é manter a conexão com a premiada campanha "Be Stupid" e é como se fosse a terra onde os estúpidos estariam no poder.

No lema do país eles, inclusive, fizeram  uma conexão com uma campanha anterior da Diesel, a "Be Brave" mas o conceito não é tão similar quanto a do "Be Stupid"e acredito que a conexão tenha ficado somente no lema mesmo...

A ideia de se criar a ilha foi bem interessante e, embora não seja tão criativa e distinta como a "be Stupid", foi uma forma interessante de renovar o conceito, mantendo-o atual. E isto é fundamental no mundo da moda, afinal, neste mercado apresentar coisas novas para o mercado é uma das habilidades principais que uma empresa deve ter para se manter no topo...

No vídeo abaixo é explicada a ideia principal da campanha. Com um texto criativo e bem escrito, é explicado que, cansados de um mundo que não funciona, as pessoas criaram uma ilha para viverem conforme seus desejos. Ao invés de conquistar a ilha, simplesmente a compraram dos nativos. A bandeira foi feita com pedaços de calças jeans, mostrando a ligação com o produto.



A constituição da ilha têm regras que refletem os conceitos da "Be Stupid".. coloquei algumas das leis abaixo que demonstram bem este espírito:

"as pessoas que causam problemas devem ser enviadas para a escola de arte e não para a cadeia"
"desaprender é tão importante quanto aprender"
"o melhor de aprender com os seus erros é tê-los cometido"
"por que ser realista quando a realidade pode ser mudada?"
"tudo que existe uma vez foi imaginado"
"A experiência apenas nos diz como as coisas foram feitas no passado"
"se as leis foram escritas, elas podem ser reescritas"

No Facebook e no Twitter eles possuem canais da ilha mas não são tão intensos ou interessantes .. as publicações se limitam a mostrar fotos dos eventos que a empresa participou .. ou alguns posts meio que perdidos sobre assuntos diversos..

Foto do stand da Diesel Island na Bread Butter Berlin

Há no You Tube alguns vídeos extras sobre a campanha, mas nada muito empolgante... eles fizeram, inclusive, um hino para o país mas é, na minha opinião, meio bobo e feito para causar polêmica.. achei bem wannabe :





Deslizes à parte, a campanha é bem pensada e é uma das poucas ações de moda que não se restrigem a uma foto bonita. Ao ser suportada por um conceito, a Diesel Island consegue uniformizar toda a linguagem e identidade visual da empresa de uma maneira muito mais rica do que somente ser representada por uma imagem conceitual e bonita, como geralmente acontece nas campanhas de Marketing que vemos nas revistas de moda. E olha que as fotos da Diesel Island são lindas...





Nenhum comentário:

Postar um comentário