27 de dezembro de 2010

Feliz 2011 !!

Este é o último post que escrevo em 2010... vou entrar numa miniférias nas próximas duas semanas e não devo conseguir escrever mais nesta semana.. provavelmente na primeira semana do ano, volto com tudo.

2010 foi um ano muito positivo para mim.. foi o ano em que terminei o meu mestrado, o ano em que eu comecei finalmente a escrever o meu blog.. esta já é a 22a. postagem, o que me dá muito orgulho.. foi, realmente, um ano muito bom.. E espero que 2011 seja melhor ainda.. para todos nós.. Eu, pelo menos, estou cheio de planos..

Não sabia direito como escrever uma mensagem aqui no blog pois acho importante manter coerência com o conteúdo do blog.. Pensei, pensei.. e da forma mais simples, descobri como..

Neste fim de semana finalmente consegui assistir ao filme do Woody Allen, "Você vai conhecer o homem dos seus sonhos" ..



Eu sempre gosto dos filmes dele.. e este é bem legal. Ele não é dos mais engraçados.. claro que tem algumas cenas bem engraçadas mas não é sua principal característica .. na verdade o que achei bom neste filme é a sutileza com que ele passa sua mensagem. O filme começa com uma frase de Macbeth de Shakespeare que diz que a vida é uma história "contada por um idiota, cheia de som e fúria, não significando nada" a vida é uma sombra ambulante: um pobre ator que gesticula em cena uma hora ou duas, depois não se ouve mais; um conto cheio de som e fúria, dito por um louco, significando nada". 


E toda a história do filme mostra a vida das personagens cheia de reviravoltas e dramas. Durante o filme, Woody Allen brinca bastante com a expectativa em relação ao futuro e com dois pontos de vista antagônicos: o cético e o esotérico e, no final, ele sutilmente mostra que, independente do caminho escolhido pela personagem, todo "som e fúria" que eles criaram em suas vidas não significaram nada. 


Saí do cinema pensando muito sobre o filme e, quando cheguei em casa, assisti na Cultura à filmagem da peça "Simplesmente Eu, Clarice Lispector".




A peça é simplesmente demais.. porque mostra um retrato da Clarice com textos extraídos de entrevistas e livros escritos por ela. E ela era realmente incrível.. os textos hiperprofundos, a forma sublime e com palavras perfeitas como ela escrevia.. para mim, nem parecia humana (ah, dos lados apontados pelo filme do Woody Allen, eu tendo a ir mais para o esotérico...) Mas acho que não faz muita diferença.. pelo menos em Clarice, pois os seus textos são tão ricos que agradam tanto o cético como o esotérico... 


No programa, ela cita uma passagem do livro " Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres" que é impressionantemente linda. Ela é escrita como se fosse uma oração proferida pela Lori, personagem principal da história. E que serve perfeitamente como uma mensagem de fim de ano.. foi aí que encontrei a forma de deixar uma mensagem fofinha no blog para saudar o ano novo:






"Alivia a minha alma, faze com que eu sinta que Tua mão está dada à minha, faze com que eu sinta que a morte não existe porque na verdade já estamos na eternidade, faze com que eu sinta que amar é não morrer, que a entrega de si mesmo não significa a morte, faze com que eu sinta uma alegria modesta e diária, faze com que eu não Te indague demais, porque a resposta seria tão misteriosa quanto a pergunta, faze com que me lembre de que também não há explicação porque um filho quer o beijo de sua mãe e no entanto ele quer e no entanto o beijo é perfeito, faze com que eu receba o mundo sem receio, pois para esse mundo incompreensível eu fui criada e eu mesma também incompreensível, então é que há uma conexão entre esse mistério do mundo e o nosso, mas essa conexão não é clara para nós enquanto quisermos entendê-la, abençoa-me para que eu viva com alegria o pão que eu como, o sono que durmo, faze com que eu tenha caridade por mim mesma, pois senão não poderei sentir que Deus me amou, faze com que eu perca o pudor de desejar que na hora de minha morte haja uma mão humana amada para apertar a minha, amém."

Linda, não?! Curioso sobre o que teria dela no You Tube, descobri um vídeo que fizeram com a narração da Aracy Balabanian com um texto que ela escreveu sobre as vantagens de ser bobo. E é incrível ver como é exatamente esta a mensagem da campanha Be Stupid da Diesel (sobre a qual já escrevi aqui no blog). Só que este texto foi escrito há pelo menos 33 anos, já que ela morreu em 1977..

Com frases como :"Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos". 100% do espírito da campanha.. Impressionante, não?! Será que quem fez a campanha conhecia este texto? Pra variar, ele é genial.. Veja no vídeo abaixo:



Bom, fica no ar a dúvida.. assim como os votos de um 2011 maravilhoso para todos nós!!

26 de dezembro de 2010

Millenials , 8095 , jovens ...

Estudar o comportamento dos consumidores jovens é algo fundamental para quem trabalha com moda.. bom, na verdade, é fundamental para quem trabalha com a maioria dos mercados, afinal, os jovens estão no topo da pirâmide do consumo.



O estudo do comportamento dos jovens é feito por gerações e a primeira geração de jovens analisadas foram os que nasceram após a II Guerra Mundial e ficou conhecida como Baby Boomers.

A geração de hoje é comumente chamada de Millenials (por serem jovens do novo milênio) ou de 8095ers (nascidos entre 1980 e 1995) e o que diferencia este grupo de jovens é justamente toda a interatividade e globalização que a internet proporciona.

O box1824 é uma empresa especializada em pesquisas sobre o comportamento de consumo e eles fizeram um vídeo muito instrutivo e superbem elaborado que explica bem estes grupos. Vale a pena assistir com atenção:

All work and all play (legendado) from Box1824 on Vimeo.


A Edelman e a Strategy One fizeram um estudo com jovens Millenials de 8 países (e incluiu o Brasil) para descobrir algumas informações gerais sobre estes consumidores. Dentre os principais pontos, pode-se destacar:



  • Os jovens usam as marcas como forma de identificação social, estando no mesmo patamar da religião e da etnia como identificador de personalidade
  • De uma maneira geral, são fiéis às marcas e aos produtos que consomem: 70% afirmam ter intenção de voltar a consumir um produto que gostaram
  • 58% estão dispostos a passar informações pessoais a marcas que conheçam e confiam
  • 20% já postaram vídeos de si mesmo na internet
  • 75% possuem contas em sites de relacionamento e 55% acessam estes sites todos os dias

  • 65% se desconectam da internet uma hora ou menos por dia
  • A maioria dos jovens ainda recorre à opinião de família e amigos para suas decisões. 
  • Em média, pesquisam informações de 7,4 produtos por mês na internet

  • 51% consultam 4 ou mais fontes antes de decidir uma compra de produto ou serviço
  • 82% dos jovens já entrou em alguma comunidade de marcas nas redes sociais sendo que 25% está em 7 ou mais comunidades de marca
  • 57% se voluntariam a testar produtos de marcas que confiam
  • 47% escrevem sobre experiências positivas e 39% sobre experiências negativas de consumo na internet
  • 62% acessam a internet remotamente quando estão fora de casa ou do escritório e 88% trocam mensagens de texto
Um grupo de 500 jovens Millenials norteamericanos lançou o site 8095live onde as empresas podem conduzir estudos e pesquisas sobre o comportamento destes jovens. No site eles têm até uma tabela com os tipos de pesquisa que podem realizar com preços pré-estipulados. 

A iniciativa é bem interessante mas acho que estes jovens devem acabar conseguindo algum tipo de aprendizado que tira a naturalidade das respostas, limitando a possibilidade de uso das respostas adquiridas.. 

De qualquer forma, é muito interessante ler sobre tudo isto e ver como é importante estudar os jovens e quanto trabalho ainda há para ser feito. Mas tudo bem, é um assunto muito gostoso de se pesquisar e que mostra sempre o que está acontecendo de novo.. E é exatamente como o vídeo da box1824 diz, o bônus de se estudar o jovem é que, "Entender a evolução do mundo é uma busca que pode nos manter jovens para sempre"... E quem não quer ter este espírito jovem? Eu, com certeza, quero.. e por muito tempo ainda..

20 de dezembro de 2010

Retornando.. A rede social

Depois de quase um mês de ausência, hoje voltei a postar no blog.. não por falta de assunto, mas por cansaço mesmo.. As últimas semanas foram uma loucura no trabalho e quando chegava em casa não queria nem ligar o computador... enfim, neste fim-de-semana assisti finalmente ao filme "A Rede Social" que conta a história do começo do Facebook.



O filme é muito bom e muito bem elaborado.. a história por si só é muito interessante.. afinal, é a história de uma empresa que nasceu do nada e de forma tão despretensiosa e que é hoje uma das maiores referências da internet mundo.. e que, além disto, contou com um investimento inicial de mil dólares e hoje, pouco mais de quatro anos depois,  tem um valor estimado em 25 bilhões de dólares.. a história por si só já é interessante.. mas o legal do filme é que toda a história é apresentada de uma maneira dinâmica, rápida.. não é daqueles filmes que mudam a sua vida mas é daqueles filmes que mostram que é possível alcançar resultados impressionantes simplesmente com uma boa ideia. O que é sempre animador...








Eu não costumo falar de filmes aqui mas como gostei muito do filme e tem super a ver com a temática do blog, resolvi falar sobre ele.. ainda mais que, quando pesquisava algo interessante para colocar aqui, encontrei o caso do David On Demand que eu não conhecia direito e que tem superaver com o assunto.

Neste ano, a agência Leo Burnett foi contratada para desenvolver uma ação no Festival de Cannes de propaganda com o tema The Here and Now (O Aqui e o Agora) cujo conceito principal era a força das mídias interativas. Com uma ideia supersimples e criativa, a agência optou por fazer um experimento na vida real: como seria a vida de uma pessoa controlada pelas pessoas na internet.





Assim nasceu o projeto "David On Demand" onde David Perez foi para Cannes para cumprir a ordem dos milhões de internautas conectados ao Twitter ou à sua página pessoal. No dia 20 de junho, então, ele passou a cumprir as ordens das pessoas que chegavam pela internet. Os pedidos iam desde coisas simples como andar de carro, fazer mímica com as mãos até coisas mais emocionantes como saltar de paraquedas, andar de helicóptero ou coisas mais embaraçosas como dancar Thriller, fazer o pole dancing (dança no poste) na rua. Duas pessoas muito fofas ainda mandaram ele tatuar uma baleia no braço e - acreditem - ele fez. E também fez um corte de cabelo de raio bem horrível, tadinho...





O projeto foi um supersucesso e roubou a atenção do evento. Simplesmente metade do tweets sobre o evento eram relacionado ao David. Isto representa mais de 3 milhões e meio de tweets na semana do evento.. Ele recebeu, no total, mais de 20 mil pedidos, de 132 países diferentes.

O vídeo abaixo mostra um resumo de todo o caso.. vale a pena assistir pois é um exemplo muito interessante..



Adorei a forma como ele termina o vídeo .. se apresentando para a mulher como sendo da internet e a cara dela não entendendo nada...

Tanto o caso como o filme a Rede Social mostram como ideais simples podem ter resultados impactantes na vida de hoje.. e como realmente o mundo está conectado e mudando as formas de relacionamento e comunicação entre as pessoas.. Eu lembro de quando a internet começou e todos falavam que seria algo muito rápido e revolucionário e que mudaria a vida de todos para sempre.. Demorou um pouco mais para  acontecer do que as pessoas imaginavam, mas agora sim todos podem ver como realmente o mundo está bem diferente e os relacionamentos e as formas de comunicação estão realmente muito distantes do que costumavam ser...

Nossa, o texto ficou um pouco longo... mas espero que não tenha ficado cansativo.. no fundo, acho que era saudade de escrever ;-)